Você tem essas manchas? Confira os sinais de alerta para o câncer de pele

Embora o câncer de pele seja o mais frequente no Brasil, correspondendo a cerca de 30% de todos os tumores malignos, as chances de cura são muito grandes, principalmente se ele for diagnosticado e tratado precocemente. Apesar da baixa mortalidade, pode deixar mutilações bastante expressivas se não for tratado adequadamente.

O câncer de pele atinge pessoas de pele clara com mais de 40 anos, sendo raro em crianças e negros. Porém, a média de idade dos pacientes com câncer de pele vem diminuindo por causa da constante exposição dos jovens aos raios solares.

O tumor pode aparecer em qualquer parte do corpo, na pele ou mucosas, na forma de sinais, pintas e manchas. Nas pessoas de pele negra, ele costuma se desenvolver nas áreas claras, como as palmas das mãos e as plantas dos pés.

Fique atento aos sinais

Manchas pequenas de cor marrom

Não se deve ignorar o surgimento de novas manchas no corpo, principalmente se a forma delas for irregular. Geralmente, o tamanho, a densidade e a cor são diferentes das demais.

Modificações nas manchas

Especialistas oncológicos criaram a regra do do abecedário, que pode ser utilizada para guiar a pessoa a identificar melhor essa mancha.

A – Assimetria: se a pinta, ao ser dividida em duas metades, tiver um formato irregular, é uma suspeita de câncer.

B – Borda: a pinta deve ter as bordas lisas, pois, se forem recortadas, como um mapa, pode ser suspeita.

C – Cores: quanto mais cores diferentes na pinta (preto, branco, vermelho, cinza-azulado), mais suspeitas elas são.

D – Diâmetro: quando maiores de 6 milímetros, as pintas são consideradas com maior risco de tumor.

E – Elevação: os médicos dizem que um pinta que cresce progressivamente em tamanho ou modifica a sua forma deve ser investigada.

Dificuldade em cicatrizar feridas

As células perdem o poder de regeneração quando apresentam alguma alteração maligna, dificultando a cicatrização de feridas.

Cor da mancha ultrapassa a borda

Se o pigmento da mancha começar a se misturar com a pele ao redor da mancha, pode significar uma alteração no funcionamento das células.

Processo inflamatório

Se a mancha tiver bordas avermelhadas, como se estivesse irritada, ao redor da mancha, é sinal de uma inflamação que pode resultar em um tumor.

Área sensível e dolorida

Se a mancha ou pinta estiver sensível ou dolorida, é recomendado fazer uma avaliação profunda com um médico oncologista.

Qualquer dos sintomas acima serve de alerta para procurar um médico especializado e obter um diagnóstico preciso sobre o caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.