Numero de vitimas no Capitólio pode ser maior do que se pensava, veja:

O Brasil acompanha a chegada de informações sobre a ação de busca dos bombeiros no Capitólio, Minas Gerais, após o descolamento de uma grande rocha. O cânion é um dos lugares mais visitados no estado e costuma oferecer uma experiência segura

No entanto, um conjunto de fatores favoreceu a queda da rocha que atingiu três barcos. As informações iniciam apontavam que 35 pessoas haviam sido resgatadas, das quais pelo menos duas haviam morrido.

Agora, segundo apuração do G1, o número já subiu para cinco. As identidades das vítimas esta sendo mantida em sigilo e não existe confirmação ainda de que todos os corpos já tenham sido identificados.

Ainda de acordo com o site, que é um dos mais conceituados do Brasil, os bombeiros ainda trabalham com a estimativa de que existam ainda cerca de 20 pessoas desaparecidas. Portanto, o número de mortos ainda pode subir.

Segundo ainda informações do portal, do número de pessoas que foram levadas ao hospital, apenas 9 ainda continuam internadas. Mais cedo, o tenente porta-voz dos bombeiros confirmou que haviam vítimas com fratura exposta.

Todas as vítimas fatais foram encontradas no local do deslizamento. As autoridades, no entanto, devem realizar buscas também nas proximidades, tendo em vista o fluxo da água. De acordo com o coronel do corpo de bombeiros, existem 40 homens trabalhando nas buscas, inclusive mergulhadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.