12 sinais de câncer que a maioria das pessoas não liga mas podem ser mortais. Veja:

Quando a pessoa tem câncer em alguma parte do corpo, independente de qual, podem aparecer sintomas genéricos como perda de peso sem estar realizando dieta, dor que não passa e fadiga constante. Porém, para diagnosticar corretamente a doença, é necessário realizar uma série de exames que descartem outras hipóteses.

Quando surgem sintomas e sinais que podem ser indicativos de câncer, é importante consultar o médico para que o estado geral de saúde da pessoa seja avaliado, levando em conta também o histórico familiar da doença. Assim, será possível identificar a causa dos sintomas e, se for mesmo câncer, o tratamento precoce deve ser iniciado imediatamente, o que aumentará as chances de cura.

Abaixo, confira 12 sintomas que podem indicar câncer

#1. Perda de peso sem fazer dieta ou praticar exercícios

Perder peso rapidamente, em 1 mês, de até 10% do peso inicial, sem que a pessoa esteja fazendo dieta ou realizando exercícios físicos intensos, é um sinal frequente em pacientes que estão desenvolvendo câncer, principalmente câncer de estômago ou esôfago, ou câncer de pâncreas, podendo também ser sinal de algum outro tipo de câncer.

#2. Cansaço extremo ao realizar pequenas tarefas

Quando uma pessoa está desenvolvendo câncer, é relativamente comum ela apresentar anemia ou perder sangue pelas fezes, o que faz com que os glóbulos vermelhos diminuam e o oxigênio no sangue seja reduzido, o que irá causar cansaço extremo mesmo na realização de pequenas tarefas diárias, como caminhar, subir alguns degraus ou até mesmo ao arrumar a cama.

Esse cansaço pode ser sinal de câncer no pulmão, já que o tumor afeta várias células sadias do órgão, o que diminui a função respiratória e leva a um cansaço que piora progressivamente. Pessoas em estágio avançado de câncer apresentam cansaço intenso ao acordar de manhã, mesmo que tenham dormido a noite toda.

#3. Dor que não passa

Vários tipos de câncer, como câncer no cérebro, no ovário ou no intestino apresentam dor localizada no órgão afetado. Na maioria dos casos, a dor não alivia com o repouso, sendo uma dor persistente que não passa com nenhuma alternativa, como compressas quentes ou frias, somente com forte medicação analgésica.

#4. Febre que vai e volta, sem administrar medicação

Esse tipo de febre, irregular, em que a temperatura sobre e desce sem tomar remédio, surge por causa do enfraquecimento do sistema imunológico, podendo ser um sinal de câncer como leucemia ou linfoma, um tipo de câncer que se origina no sistema linfático.

Geralmente, a febre surge por alguns dias e depois vai embora sem que o paciente tenha tomado remédio específico, voltando a surgir de forma instável e sem ter ligação com outras doenças, como uma gripe, por exemplo.

#5. Alterações nas fezes

Diarreia ou fezes muito duras por mais de 6 semanas podem ser um indício de câncer. Em alguns casos, podem surgir também grandes variações intestinais, como diarreia durante alguns dias e fezes muito duras em outros, além de vômitos, náuseas, sangue nas fezes e barriga estufada. Essa variação ao evacuar deve ser persistente e não estar relacionada com a alimentação ou outras doenças intestinais, como intestino irritável.

#6. Urina escura ou dor ao urinar

Urina com sangue (escura), vontade de urinar com maior frequência e dor ao fazer xixi são sinais comuns de câncer na próstata ou na bexiga. No entanto, é preciso realizar exame de urina pois esse sintoma é também comum na infecção urinária.

#7. Cicatrização demorada de feridas

Feridas em qualquer lugar do corpo, como pele ou mucosas, que demoraram mais de 1 mês para cicatrizar, podem ser sinal de câncer em estágio inicial, pois o sistema imunológico está debilitado, fazendo com que haja uma diminuição das plaquetas, que ajudam a cicatrizar as lesões. No entanto, essa cicatrização lenta pode também um sinal de diabetes descontrolada.

#8. Sangramentos

Hemorragias podem ser um sinal de câncer, tanto numa fase inicial como mais avançada. Dependendo da região afetada, os sangramentos podem surgir nas fezes, na urina, na tosse ou no mamilo.

Câncer no útero pode apresentar como sinais vontade constante de urinar, cólicas menstruais, corrimento escuro e sangramento vaginal, que não é o da menstruação.

#9. Manchas na pele

Alterações na pele, como manchas vermelhas ou roxas com bolinhas, pele áspera com coceira, pele amarelada ou manchas escuras podem ser sinais de vários tipos de câncer. Além disso, manchas ou sardas na pele, alterações na cor, tamanho e formato de uma verruga podem indicar câncer de pele ou até outro tipo de câncer.

#10. Caroços e inchaço das ínguas

Nódulos ou caroços que surgem em qualquer região do corpo, como testículos ou mama, podem ser sinal de câncer. Além disso, pode ocorrer inchaço das ínguas localizadas no pescoço, virilhas e axilas, e inchaço da barriga, devido ao aumento do fígado, do baço ou do timo, um órgão linfático situado na parte anterior e superior da cavidade torácica, próximo ao coração.

#11. Engasgar com frequência

Principalmente nos casos de câncer de estômago, esôfago ou faringe pode ocorrer dificuldade para engolir, provocando engasgamento e tosse persistente.

Manchas roxas na pele e dor nos ossos, suores, palidez, aumento do abdômen, ínguas inflamadas no pescoço são sintomas frequentes de leucemia.

#12. Rouquidão e tosse por mais de 3 semanas

Voz rouca, falta de ar e tosse persistente pode ser um sinal de câncer de pulmão, de laringe ou tireoide, por exemplo. Cansaço intenso, falta de ar, dor nas cosas e tosse persistente podem ser indícios câncer de pulmão.

Na mulher, no câncer de mama, os sinais mais característicos são nódulos, alteração no tamanho da mama, feridas ou crostas junto do mamilo ou saída de líquido do mamilo.

Por que ficar atento aos sinais e sintomas de câncer?

Como o tratamento é mais eficaz se for diagnosticado precocemente, é importante estar atento aos sinais e sintomas de câncer, procurando um médico logo que sentir alguns dos sinais mencionados nessa matéria. Quanto mais cedo iniciar o tratamento, maiores são as chances de cura. Não se deve ignorar nenhum sinal ou sintoma, principalmente se ele se manifesta por mais de 1 mês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *