O seu corpo emite esses sinais 2 semanas antes de um ataque cardíaco. Não ignore!!!

As doenças do coração são a principal causa de morte no mundo inteiro. Cerca de 25% dos óbitos tem origem nesse problema. No entanto, com a ajuda de uma dieta equilibrada, atividade física e bons hábitos, é possível prevenir 90% das doenças cardiovasculares.

A doença arterial coronariana (DAC) combina infarto do miocárdio, angina e aterosclerose da artéria coronária. Com o acúmulo de placas de gordura nas paredes das artérias do coração, elas ficam mais estreitas e, consequentemente, diminuem o fluxo de sangue.

Com o aumento dessas placas, o fluxo de sangue pode ser totalmente bloqueado e é quando as fatalidades acontecem. Como a grande maioria dos medicamentos não é capaz de eliminar essas placas de colesterol, o risco de um ataque cardíaco aumenta consideravelmente.

Um ataque do coração é extremamente traiçoeiro, pois pode acontecer de forma imprevisível. Sem falar que 20% dos ataques cardíacos são assintomáticos. Ou seja, extremamente repentinos.

Por isso é muito importante conhecer os sintomas que podem alertar você sobre um eventual ataque do coração. Confira os 6 sinais do infarto do miocárdio que começam a se manifestar duas semanas antes.

1. Pressão no peito

A sensação de pressão ou dor no peito não deve ser ignorada. É um sinal claro de um problema do coração que precisa de cuidados urgentes. Uma dor frequente no peito é um sinal de que um ataque cardíaco está iminente. Se a dor irradiar pelo pescoço, ombros, braços e costas, chame uma ambulância na mesma hora.

2. Falta de ar

Pulmão e coração trabalham em conjunto. Por isso, problemas em um dos órgãos podem influenciar problemas no outro. A diminuição do fluxo arterial por causa das placas de gordura impede o fluxo normal do sangue, fazendo com que os pulmões não recebam sangue suficiente, deixando a pessoa sem ar para respirar.

3. Fadiga crônica

Se a a pessoa já acorda cansada e e se sente sem forças para realizar suas atividades do dia a dia, pode ser um sinal de que um ataque cardíaco se vislumbra no horizonte. O cansaço em excesso indica que o coração está trabalhando mais para fazer o sangue circular.

4. Sintomas de gripe ou resfriado

Pode parecer estranho, mas a maioria das pessoas que sobreviveram a um ataque do coração relatou sentir sintomas de resfriado ou gripe antes do ataque cardíaco.

5. Suor frio

Esse é um sintoma bem conhecido do ataque do coração. Isso acontece porque o coração não está recebendo sangue oxigenado suficientemente. Por causa disso, o cérebro começa a sofrer falta de oxigênio, dificultando a circulação sanguínea e deixando a pessoa mentalmente confusa, com um suor frio na testa.

6. Mudança de humor

A sensação de medo sem razão aparente pode ser um sinal de que está faltando oxigênio no corpo. Se o humor passa de feliz e tranquilo para ansioso sem motivo, é capaz que o organismo esteja tentando alertar sobre a iminência de um ataque cardíaco.

Evidentemente, apenas um dos sintomas acima citados não configura o perigo de um ataque cardíaco. Mas se dois ou mais dos sintomas acima se conjugarem, é preciso procurar ajuda ao invés de simplesmente tomar remédios para se livrar dos sintomas. Escute o seu corpo e seja saudável!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.