Caminhoneira ‘Musa das Estradas’ mostra o rosto após reconstrução facial; acidente quase lhe tirou a vida

A influencer e caminhoneira Aline Füchter, que se tornou conhecida como a Musa das Estradas, sofreu um grave acidente no passado mês de janeiro. Depois de passar pelo terceiro procedimento cirúrgico, Aline finalmente recebeu alta hospitalar na passada sexta-feira, dia 18. Famosa nas redes sociais, a influencer conquistou uma verdadeira legião de fãs por estar sempre partilhando registros de suas viagens pelas estradas brasileiras.

Aline foi submetida a uma cirurgia de reconstrução da face, por causa doas traumas sofridos no acidente, depois que passou por cirurgias nas pernas e nos braços. A motorista tem partilhado com os fãs todo o processo de recuperação através de suas redes sociais, onde tem mais de 1,5 milhão de admiradores. Por causa do acidente, a sua pele ficou marcada por muitos hematomas, o que torna o processo de recuperação bastante lento até a plena recuperação.

A influencer precisou ser submetida a uma cirurgia de reconstrução do assoalho da órbita, do osso zigomático e da mandíbula, por causa da fratura do terço médio da face, segundo informações do médico José Carlos Martins Júnior, que foi um dos responsáveis pelo operação realizada na última quinta-feira (17).

Segundo ainda o médico, todo o processo cirúrgico de reconstrução facial foi um sucesso, sem quaisquer complicações. No entanto, como já dissemos, a recuperação da motorista será um processo lento por causa das sequelas que o acidente deixou, sendo que novas intervenções cirúrgicas serão necessárias no decorrer dos próximos meses.

Aline passará por uma nova avaliação conduzida pelos médicos dentro de uma semana, quando os pontos da face serão retirados.

Recorde-se que o acidente da Musa das Estradas teve lugar na BR-174 entre as cidades de Pontes Lacerda e Porto Esperidião, no Mato Grosso, no último dia 13 de janeiro. Aline ficou presa nas ferragens, tendo sido  resgatada por outros motoristas que passavam pelo local. Na sequência, foi encaminhada a um hospital da região, tendo permanecido internada até o dia 25 de janeiro, quando recebeu a primeira alta hospitalar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.