Última nensagem de Mila Moreira antes de perder a vida

Mila Moreira, famosa atriz da TV Globo, morreu essa madrugada, causando grande comoção entre os fãs, amigos e familiares. A atriz passou mal no final de semana, enquanto descansava com amigas em Paraty, e foi transferida para o hospital Copa Star, na zona sul do Rio de Janeiro.

A atriz tinha 75 anos e o seu corpo será cremado hoje no Memorial do Carmo, na zona portuária da Cidade Maravilhosa.

A pedido da família, o hospital não divulgou a causa do óbito. No entanto, uma amiga de Mila Moreira disse à Patrícia Kogut, do jornal O Globo, que a atriz terá sido vítima de uma parada cardíaca depois de ter passado mal na noite de sábado para domingo. Segundo essa amiga, a atriz começou a vomitar e teve que ir para o soro ainda quando estava em Paraty.

“Não se sabe exatamente a causa, mas ela começou a vomitar sem parar. Depois veio de ambulância para o Copa Star e aí continuou com a gastroenterite e finalmente uma parada cardíaca. Muito triste”, relatou a mesma fonte

Com a notícia da morte de Mila Moreira, os fãs foram às redes sociais da atriz na internet e encontraram aquela que terá sido a sua última mensagem publicada. Foi no Instagram a última postagem pública de Mila Moreira, onde ela celebrava o encontro com um grande amigo.

 

Nascida Marilda Alves Moreira da Silva, em São Paulo, a atriz começou a carreira aos 14 anos como modelo. Foi das primeiras a fazer a transição na carreira artística, pois em 1979 migrou para trabalhar como atriz nas novelas da Globo. Ao longo de sua carreira, participou em aproximadamente 30 novelas e minisséries.

A estreia de Mila Moreira como atriz aconteceu em “Marrom Glacé”, em 1979, onde interpretou Érica. Em entrevista ao Vídeo Show, Mila disse que sofreu muito preconceito no início.

O sucesso nas novelas de Mila Moreira fez com que a ideia de modelos atuarem na televisão fosse mais aceita. Depois do pioneirismo de Mila, surgiram atores e atrizes famosos como Lula de Oliveira, Cauã Reymond e Reynaldo Gianecchini.

Mila também atuou no cinema, tendo atuado em filmes como “Os Saltimbancos Trapalhões” (1981) e “Dias Melhores Virão” (1989).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *