Frade estudou essa planta durante anos e diz que ela pode curar o câncer!! Veja como

O objetivo dessa receita é ajudar pessoas que sofrem com o câncer, uma doença muito comum nos dias de hoje por causa da alimentação cheia de produtos químicos e tóxicos, como os agrotóxicos, e também à poluição atmosférica.

As células humanas são fortemente predispostas a serem saudáveis, mas são cada dia mais perturbadas, o que resulta nessa enorme quantidade de casos de câncer.

Mas o que tem sido feito para impedir essa catástrofe? Nada, pois, se algo for feito, vai colidir com o interesse econômicos dos monopólios financeiros.

O câncer tem cura?

Muitos dizem que sim. Há pouco tempo, uma perseguição midiática e judicial foi empreendida contra um cientista brasileiro, que foi obrigado a interromper a produção de um remédio desenvolvido por ele, a fosfoetanolamina, que pelos relatos de quem utilizou tinha excelente ação contra o câncer.

Foram alegados um monte de pretextos, metodológicos, burocráticos, acadêmicos, científicos, enfim, um monte de coisas para que a proibição fosse justificada. Mas vejam só: a substância foi proibida no Brasil pela ANVISA mas continua sendo comercializada nos EUA como suplemento alimentar. Aí tem coisa!!!

Apesar das pressões e do poder dos monopólios farmacêuticos, muitas receitas alternativas e populares contra o câncer continuam sendo divulgadas, através da experiência popular e por alguns médicos que combatem o sistema.

Um exemplo de fórmula natural nós vamos ensinar hoje, uma receita que se tornou famosa no mundo inteiro graças ao religioso brasileiro frei Romano Zago, um franciscano de origem italiana que nasceu em Lajeado, no RS. .

Pois o religioso garante que a sua receita ajuda a combater o câncer. Será verdade? Seria uma irresponsabilidade muito grande afirmar que sim.

Mas uma coisa é certa: não custa tentar, usando como terapia complementar aos tratamentos convencionais, esse tratamento caseiro e natural.

Conheça a receita de frei Romano Zago:

Ingredientes

500 gramas de mel natural
350 gramas de folhas frescas de aloe vera (babosa)
6 colheres (chá) de bebida alcoólica (rum, uísque, vodka)

Que Fazer?

Primeiramente, descascar as folhas da aloe vera (babosa) e extrair, com o auxílio de uma colher, o gel da planta.

Colocar num liquidificador e adicionar o mel e a bebida alcoólica.

Misturar os ingredientes bem, até obter uma mistura homogênea.

Consumir uma colher (sopa) do medicamento três vezes ao dia, meia hora antes de cada refeição.

Manter o remédio na geladeira.

OBS: utilizar uma colher de madeira ou de plástico, não de metal.

Atenção: esse é um blog com dicas naturais de saúde, com tratamentos caseiros populares, e não substitui jamais a opinião de um médico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.