Especialistas advertem: se beber essa bebida, sua vida pode acabar em pouco tempo

Hoje vamos falar de uma bebida que é vendida como “saudável”, mas que é pura enganação.

Foi feito um estudo rigoroso na Universidade de Yokohama, no Japão, que acompanhou mais de 200 pacientes durante 10 anos que consumiam a dita bebida. Pois comprovou-se que essa bebida está diretamente ligada a ataques cardíacos e derrames.

Incrível, não é?

Apesar do marketing o tempo todo tentar nos convencer que esse tipo de bebida é uma opção saudável, ela age como uma bomba no nosso organismo.

Provavelmente, você deve estar se perguntando, afinal, que bebida é essa, não é mesmo?

Pois falamos aqui do refrigerante diet, que, por incrível que possa parecer, consegue ser pior que o refrigerante comum.

Isso porque, além de conter todos os problemas dos refrigerantes habituais, a maioria dos refrigerantes diet contém o adoçante aspartame.

Segundo vários estudos, o aspartame está relacionado a uma série de doenças, como dificuldade  de aprendizagem, dor nas articulações, insônia, hiperatividade, palpitações cardíacas, perda auditiva, dores de cabeça e enxaquecas, fadiga, epilepsia, tonturas, depressão, dor torácica, tumores cerebrais, cegueira, defeitos de nascimento, compulsão alimentar e compulsão por açúcar, ataques de ansiedade e até mesmo a morte.

A Universidade norte-americana de Iowa também fez um estudo sobre o aspartame, onde ficou comprovado que essa substância é altamente prejudicial ao coração, podendo provocarr várias doenças cardíacas.

Nesse estudo, que foi o maior já realizado sobre esse tema, os especialistas da universidade concluíram: “Mulheres que consomem duas ou mais bebidas dietéticas por dia têm 30% a mais de chances de sofrer um ataque cardíaco ou um AVC e 50% mais chances de morrer de doenças relacionadas”.

Segundo o cientista-chefe do estudo, os resultados obtidos se relacionam com os de alguns estudos anteriores, em especial aqueles que associam bebidas dietéticas com a síndrome metabólica

Por outro lado, as mulheres que bebiam dois ou mais refrigerantes diet por dia era mais jovens e assim mesmo tiveram maior índice de massa corporal, pressão arterial elevada e maior prevalência de diabetes.

Esse estudo serve de alerta contra os perigos dos refrigerantes diet.

Além dessa pesquisa, a Universidade de Iowa realizou outros estudos sobre o aspartame e o refrigerante diet.

Eles descobriram que substituir o açúcar refinado pelo aspartame não é uma boa escolha, pois esse adoçante artificial é ainda pior que o açúcar branco.

Os cientistas já descobriram que existem conexões entre o adoçante e patologias como falência renal, câncer de bexiga, retinopatia, linfomas, lesões e tumores cerebrais.

Só para ter uma ideia, a FDA – a Anvisa americana – divulgou em 1996 uma lista de 92 casos de envenenamento por aspartame.

O que se deve concluir que a substância não é um alimento seguro para consumo humano.

Evite o aspartame e nada que o contenha.

Regra geral, o açúcar e os adoçantes são prejudiciais à saúde. Mas, se você não consegue viver sem um docinho, pode usar o estévia como adoçante, que é o mais seguro, totalmente natural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.