Esta criança foi envenenada por uma planta que muita gente tem em casa; veja:

Ter plantas em casa é muito bom. Elas funcionam como purificador do ar e dão uma energia bacana, além de embelezarem o ambiente. No entanto, há que ter cuidado, pois há plantas que enganam. São bonitas, porém, venenosas.

A planta conhecida como ‘comigo ninguém pode’, de nome científico ‘dieffenbachia’ é capaz de matar crianças! Segundo especialistas, é muito perigoso mastigar as folhas da planta, coisa que as crianças adoram fazer. Ela é extremamente tóxica por produzir histamina, por causa de suas enzimas proteolíticas, formadas a parti de cristais de oxalato de cálcio.

Já há casos de envenenamento sério com crianças. Um menino de apenas 5 anos teria sentido fortes dores no estômago por mastigar uma folha dessa planta. Segundo sua mãe, a criança brincava no pátio de casa quando reclamou das dores. A princípio, a mãe pensou que era uma simples dor no estômago, mas ela foi ficando cada vez mais forte. Levado ao hospital, os médicos disseram que a criança tinha sido envenenada ao mastigar a planta.

O caso foi realmente grave. Como o menino sofria de anafilaxia, ela poderia até morrer se não fosse tratada a tempo. O choque anafilático, decorrente dessa condição, necessita de uma injeção urgente de epinefrina. Felizmente, seus pais agiram a tempo.

Também os animais de estimação podem vir a sofrer em contato com a planta. Os sintomas incluem inchaço e salivação em excesso, grave irritação oral e pode ser altamente entorpecente. Na maioria dos casos, pode se combater a infeção com agentes anti-histamínicos e analgésicos.

70 por cento dos casos de exposição a esse tipo de planta são crianças com menos de 5 anos. A lavagem intestinal, porém, é raramente utilizada ou até mesmo indicada para esse tipo contaminação.

Por isso, partilhe esse alerta a todos os pais e mães!! É preciso ter cuidado com as plantas porque crianças pequenas e animais costumam mastigar folhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *