ALERTA: 3 sintomas de câncer de mama que a maioria das mulheres ignora, pois não aparecem no seio

O câncer de mama é uma patologia séria que acomete 61 em cada 100 mil mulheres. Como todo tumor, é preciso estar atenta aos sintomas para que a doença seja diagnosticada ainda em sua fase inicial. Como o câncer é uma doença progressiva, quanto antes for descoberta, maiores são as chances de cura.

O câncer é uma enfermidade que se origina na divisão celular e ocorre quando alguma mutação no código genético de uma célula que deveria morrer faz com que ela passe a se reproduzir de forma desordenada.

O tumor, que pode ser benigno ou maligno, é formado por essa reprodução desenfreada de células. Quando os tumores são benignos, as suas células são semelhantes às células originárias, não possuindo a capacidade de produzir metástase, que é quando o tumor se alastra a outros órgãos do corpo.

Essa capacidade de se espalhar pelo organismo e invadir outros órgãos é característica dos tumores malignos, que são por definição um câncer, um processo que é conhecido, como mencionamos acima, como metástase.

Se o câncer atinge esse estágio onde ele passa a se espalhar pelo corpo, o tratamento da doença fica bem mais difícil, assim como a recuperação da pessoa afetada. Por isso que é preciso diagnosticar a doença tão cedo quanto possível para assim aumentar as chances de cura.

Os médicos indicam o autoexame dos seios como a forma mais recomendada para diagnosticar um possível câncer de mama. Esse exame é feito com a apalpação dos seios para verificar se não existem caroços.

Os 3 sintomas que não aparecem nos seios e podem ser um indício de câncer de mama são:

  • Perda de peso inexplicável
  • Dores no pescoço
  • Dores nas costas

Não se esqueça de fazer anualmente os exames de prevenção do câncer de mama e a mamografia sempre que necessário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.